#07 – GIRO Kalamidade

A sétima edição do GIRO Kalamidade tá no ar com chuva de clipes, singles, estreias e eventos. Vem dar um GIRO pelo Hip-Hop nacional!

Mais um GIRO Kalamidade no ar! Nessa sétima edição, a gente traz alguns dos melhores lançamentos e novidades da cena nacional do Hip-Hop.

No GIRO de hoje trazemos uma chuva de clipes, vários singles para as suas playlists, algumas estreias de novos nomes na cena nacional que valem a sua atenção, e eventos culturais muito importantes que merecem um espaço por aqui.

Então se acomode, fique confortável e vem com a gente dar um GIRO pela cena!

LadoA lança videoclipe do single “Império”

Diretamente de São Gonçalo (RJ) o duo LadoA lançou neste mês de fevereiro o videoclipe do single “Império”, faixa que vai compor o EP “Velhos Demais Pra Morrer Jovem”.

Na faixa, Hajed e Lucas LT versam sobre as próprias estratégias no processo de construção de um Império, com foco, trabalho sério e disciplina. “Império” é o primeiro lançamento da dupla após a mixtape “De Volta Ao Lugar”, e será a sétima faixa do EP que tem data de lançamento prevista para maio de 2021.

Império
Isso daqui não é brincadeira
Ninguém aqui tá de bobeira
Nós estamos trampando sério

Produzida por Lucas LT, “Império” traz um beat de Trap que chama atenção pela sua sonoridade impactante e original. O som foi gravado no estúdio O Quarto Records, em Niterói, com Mixagem e Masterização pelo Jovem BlackSanta.

“Império” traz a saga de jovens negros que estão no próprio corre por dinheiro nas ruas enquanto buscam a valorização de seu trabalho com a música. O videoclipe é uma produção audiovisual da 808 em parceria com o LadoA, sob a direção de Lucas Angeleti.

Veja abaixo o clipe de “Império”:

CALIXTORIGINAL lança faixa de estreia “Observando o caos”

Após participar do workshop “Além do Lançamento” realizado pela produtora musical Terror do Interior, Leonardo C. lançou o seu primeiro trabalho como CALIXTORIGINAL, a faixa “Observando o Caos”.

Nesse lançamento o artista retrata a luta travada diariamente, fala  sobre a violência urbana, o caos e o cansaço da humanidade que prega a paz mas convive diariamente com conflitos. CALIXTORIGINAL explica como encara essa luta e fala sobre como é complicada essa rotina, expressando sua vontade de se distanciar de todos os problemas, mas com uma mensagem de resistência, persistência e enfrentamento para poder trazer o Sol que ilumina e dá vida.

Em “Observando o Caos” CALIXTORIGINAL traz a participação de três membros da Under 86. VIN chega com sua melodia e voz inconfundível no refrão, enquanto o instrumental é conduzido pelo irreverente GUS com sua sonoplastia que dá vida a essa composição tão incisiva, e a mixagem e masterização ficou com PRAKASH tornando o som ainda mais atraente.

A música faz uma alusão e releitura do Deus Rá que enfrenta diariamente a luta contra o caos para poder trazer o Sol enquanto conta com ajuda de outros deuses para isso. CALIXTORIGINAL vem com sua estética explicar os motivos de o Sol às vezes não brilhar, e por que estamos rumando ao fim.

Confira a estreia do CALIXTORIGINAL:

Qabrieu lança clipes produzidos pelo coletivo Makai

Diretamente da Zona Sul de São Paulo, Qabrieu lançou recentemente os clipes das faixas “Pequenos Passos” e “Mudanças”, do seu último EP “Descartável”. As músicas ganharam adaptações audiovisuais pelo coletivo audiovisual independente Makai, inspiradas no anime Mob Psycho.

Makai é um coletivo de estudo filmográfico que demonstra através de analogias, as similaridades entre animes e as vivências periféricas. Nessa temporada, o projeto tem por objetivo produzir videoclipes de artistas da zona sul de São Paulo com o apoio do programa de incentivo municipal, o VAI.

Mob Psycho conta a história do protagonista Shigeo Kageyama que luta para controlar as suas emoções. O anime se relaciona com as músicas de Qabrieu nas temáticas sentimentais e de autoconhecimento. Os clipes contaram com a Direção do Breno Shinn e Direção de Fotografia da Marcela Abílio.

Essa é a primeira parceria audiovisual de Qabrieu, que realizou toda a sua discografia de forma autônoma, desde a produção até a finalização. Confira abaixo os clipes:

Pazqim lança single “Répaum” com DJ Batata Killa

O MC, Beatmaker e Produtor Musical fundador da 14 Beats, Pazqim lançou recentemente o Boombap “Répaum” no beat do DJ Batata Killa.

O segundo lançamento de Pazquim em 2021 é um som que vem com uma forte pegada bate-cabeça, com vários scratches e colagens ao melhor estilo underground, o dito Rap sujo. A música foi lançada com um videoclipe produzido pela Kactus Filmes e com participação do B-Boy Sinistro Flava.

A parceria com Batata Killa vem desde o ano passado, quando Pazquim lançou seu segundo álbum solo “Raps e mais Raps” com muitos scratches do DJ. Confira abaixo a música e o clipe:

Jun Alcan mistura R&B e Lo-Fi em seu primeiro single

“Soul-Fi” é o single que marca a estreia de Jun Alcan, cantor e produtor musical, em sua carreira solo. No lançamento, o artista leva os arranjos do Soul Psicodélico do início dos anos 1970 ao contexto do R&B alternativo e produções ao estilo Lo-Fi.

Jun Alcan é cantor e produtor musical, cria da zona norte de São Paulo. Inserindo o R&B alternativo no contexto brasileiro, passeia por temas introspectivos e politizados. Quebrando a barreira temporal, explora as diversas sonoridades do R&B e da música brasileira.

Lançado pelo selo Pyton, o single “Soul-Fi” retrata a agonia da dúvida, sempre mais forte do que a certeza, trazendo uma experiência musical imersiva, de sonoridade pouco explorada no R&B nacional.

Ouça o primeiro lançamento de Jun Alcan:

Monkey Jhayam, Enme e Terra Treme lançam videoclipe de “Kolapso”

Com o videoclipe fazendo crítica ao Kolapso político do Brasil em relação à distribuição da vacina e abordando a luta de classes, com visual afrofuturista e misturando Funk e Kuduro. A simbologia do roteiro fala também sobre outras problemáticas da pandemia. A ascensão da massa  ameaça os sistemas opressores mas, ainda é possível construir um modelo de sociedade mais democrático e igualitário.

Para Monkey Jhayam “Kolapso chega prevendo uma guerra política e social pelo acesso à vacina” e para Enme “foi um grande desafio falar das coisas que ainda estamos vivendo e sentindo no momento”. A produção do clipe, que foi gravado na Zona Sul de São Paulo e em São Luís, no Maranhão, “fez referência aos grupos revolucionários de resistência e aos quilombos, que lutam contra as desigualdades e injustiças causadas pelo sistema capitalista”, disse Lázaro, codiretor do videoclipe e produtor musical do Terra Treme.

Confere o clipe abaixo:

Bekoo das Pretas – Made By Queens

A websérie Bekoo – Made by Queens/This is Bekoo retrata a jornada do Bekoo Das Pretas desde sua idealização e primeira edição no Beco das Pulgas (2016) no Centro de Vitória (ES), passando pelas últimas edições na quadra da escola de samba MUG no bairro Glória, Vila Velha e o olhar futuro do projeto. A partir do primeiro episódio, lançado no dia 24 de fevereiro, são um total sete episódios, sendo um por semana até dia 8 de abril. A produção é do Instituto Das Pretas, mesma organização capixaba que faz o Encontro das Pretas, com apoio da Budweiser.

Em cada episódio são entrelaçadas narrativas individuais e coletivas com o movimento da festa, dentre os temas abordados ao longo da websérie estão a história do Bekoo, impacto social, planejamento financeiro, precificação, gestão de carreira e estratégias antirracistas. A proposta é trazer a tona o impacto transformador das ressignificações a partir de uma retomada artístico-cultural de protagonismo negro feminino e periférico enraizada e impulsionada a partir da criação do Bekoo das Pretas enquanto festa e a sua evolução enquanto movimento.

Criada em 2016, a festa já levou nomes como Pathy Dejesus, Miria Alves, Drik Barbosa, Tamy Reis, KLJay, Aisha Mbikila, CIA e Budah, em 2020 foi responsável por levar mais de 60 mil pessoas no primeiro bloco de carnaval de rua com recorte musical no universo do Hip-Hop, para as ruas do centro de Vitória. Nessa parceria com a Budweiser, a franquia registra sua história na websérie Made by Queens ao retratar as figuras responsáveis por transformar e serem agentes transformadores de seus territórios.

Não se trata apenas de uma festa, Bekoo é território, Quilombo Urbano onde o corpo preto é livre, belo e rico. Muita música do universo do Hip-Hop, do Funk ao R&B contemporâneo, passando pelo Reggaeton e Afrobeat, emplacando sucessos atuais e clássicos da Black Music brasileira e internacional. 

A frente do Bekoo das Pretas ao longo destes cinco anos, Priscila Gama, CEO do Instituto Das Pretas comenta a importância do evento e deste novo formato de contar sua trajetória: “O Bekoo é a maior festa preta periférica protagonizada por mulheres do eixo Sudeste, essa websérie abre novos caminhos.”

Inscrições abertas para a Mostra “Corpos (In)visíveis: Entre a Dor e a Potência”

Estão abertas, a partir deste domingo (14), as inscrições para as oficinas de Performance Negra feminina e Vivência de autocuidado feminino da Mostra Multiplataforma “Corpos (In)visíveis: Entre a Dor e a Potência”, que começa no dia 20 de março.

Gratuito, o evento, que acontece nos formatos presencial e online, visa discutir as subjetividades, individualidades e experiências coletivas negras e femininas através de exposições fotográficas e de colagens, videoperformances artísticas, videoartes, depoimentos em vídeo, oficinas, lives e mesas de debate. 

Sob mediação da atriz e pesquisadora de performances negras femininas, Danielle Anatólio, a live, seguida de debate com o tema “Arte negra e ancestralidade”, abre a programação virtual, na segunda-feira, 22 de março, às 19h, com as participações das convidadas Sinara Rúbia e Simone Ricco, ambas educadoras étnico-raciais.

Com transmissão ao vivo pelo Facebook e no YouTube, o encontro abordará a importância da ancestralidade negra e feminina na arte produzida por mulheres, os temas e caminhos trilhados, o surgimento da representação feminina na cultura e na arte de matriz africana e o empretecer nos espaços da arte institucionalizada, midiática ou de audiência.

A programação completa da Mostra, assim como as inscrições podem ser acessadas no site oficial.

Ufa! Isso foi tudo por essa semana pessoal. Achou pouco?

Quer trazer o seu trampo para o GIRO Kalamidade? Envie um e-mail com um release sobre o seu trabalho para: contato.kalamidade@gmail.com. Nossa linha editorial foca naqueles que nem sempre brilham com o mic nas mãos, como DJs, produtores musicais e audiovisuais, beatmakers, designers, fotógrafos, etc.

Monte um material com as informações sobre o que você quer anunciar: quem você é, o que está lançando, quando, onde, como e por quê. Mande também fotos para divulgação! Quanto mais detalhes nossos editores tiverem, mais rico será o nosso conteúdo.

Até o próximo GIRO!

%d blogueiros gostam disto: