DMC Brasil: o maior campeonato de turntablismo do país

O De Peão de hoje conta sobre o rolê do ano para DJs de performance que buscam competir em alto nível em busca de uma vaga no mundial

AfiliadoAcme Inc.

Estamos em um ano atípico e vimos as lives tomarem cada vez mais espaço na vida das pessoas, essa tem sido uma saída pra manter alguns projetos rolando, como foi o caso do DMC Brasil, se liga no evento que vamos falar!

Nos dois últimos finais de semana de setembro aconteceu mais uma edição do DMC Brasil, campeonato mais visado por apreciadores do turntablismo do país. Ele acontece desde 1989, quando foi trazido para cá por Toninho Toró. Naquela época, os testes eram feitos ao vivo, não havia envio de fitas para análise, e DJs interessados realizavam suas performances para concorrerem a chance de entrar na disputa.

Apesar de ficarmos de fora por alguns anos – pois não tivemos a competição por aqui – nesse período, o Hip-Hop DJ ajudou a suprir a necessidade de desafiar DJs do país a aumentarem cada vez mais o nível de suas apresentações. Falaremos desse campeonato mais pra frente!

Em 2008, muito graças ao Hip-Hop DJ, o DMC voltou a ser disputado em nosso país através de uma nova direção e com nomes que não haviam aparecido na década de 90. A partir daí ficamos cada vez mais vistos no cenário mundial, principalmente quando Erick Jay venceu a disputa mundial em 2016 e se tornou o primeiro Sul-americano com o título. No último ano, tivemos novas mudanças na organização e foi ele, como maior representante da América do Sul, quem fechou como organizador do campeonato por aqui.

Erick Jay – campeão do DMC World em 2016


A edição deste ano, adaptada ao formato de live, contou com Rooney Yo-Yo de apresentador e os DJs Erick Jay, RM, Sou Jazz, Basim, MC Jack e Nedu Lopes como jurados. Foram 8 finalistas. Nino Leal, que já estava classificado pra defender o título de 2019, Head Garcia, Robson Xavier, Baco, Niko, Subrinho, Shinpa e 7k, que não pode competir por problemas pessoais. Cada um dos classificados enviou com antecedência um vídeo com duração de 4 minutos de suas performances.

Com mais de 3 horas de duração, além da atração principal, rolou um vídeo apresentando todos os campeões mundiais e nacionais do DMC, e também uma linda homenagem para Gerson King Combo, que nos deixou no dia 22 de setembro.

Confira a classificação final abaixo:

DJ Nino Leal – 53.5
DJ Shinpa – 53.4
DJ Niko – 44.5
DJ Subrinho – 41.5
DJ Baco – 34
DJ Head Garcia – 30
DJ Robson Xavier – 30

Parabéns, Nino Leal, você mandou muito! Vale ressaltar que Nino vai representar o Brasil no DMC World em Londres. Em sua última apresentação, no ano passado, ele conseguiu o 6º lugar e vamos ficar na torcida pra trazer o troféu pra casa dessa vez. O potencial do Brasil é enorme com DJs cheios de talento e estamos conquistando nosso espaço na cena mundial. Campeonatos regionais e nacionais elevam o nível e fazem com que essa cultura permaneça viva.

DJ Nino Leal – campeão DMC Brasil 2019

Esperamos no ano que vem voltarmos às edições presenciais para sentir de perto a energia que o evento proporciona. Por enquanto, corremos para assistir as apresentações deste ano e de anos anteriores no YouTube:

Nós, do Kalamidade, deixamos nosso máximo respeito a todes DJs da arte do turntablismo. Vocês são muita fonte de inspiração. Fiquem ligades que em breve tem mais “De Peão” por aqui!

%d blogueiros gostam disto: